terça-feira, 30 de agosto de 2011

Grito!

Um dia, um pensador indiano fez a seguinte pergunta a seus discípulos:

- Por que as pessoas gritam quando estão aborrecidas?"

- Gritamos porque perdemos a calma", disse um deles.

- Mas, por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado?", questionou novamente o pensador.
- Bem, gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouça", retrucou outro discípulo.
E o mestre volta a perguntar :
- Então não é possível falar-lhe em voz baixa?"

Várias outras respostas surgiram, mas nenhuma convenceu o pensador.

Então ele esclareceu :

Vocês sabem porque se grita com uma pessoa quando se está aborrecido? O fato é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se afastam muito. Para cobrir esta distância precisam gritar para poderem escutar-se mutuamente. Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para ouvir um ao outro, através da grande distância.

Por outro lado, o que sucede quando duas pessoas estão enamoradas? Elas não gritam. Falam suavemente. E por quê? Porque seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena. Às vezes estão tão próximos seus corações, que nem falam, somente sussurram.

E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer sussurrar, apenas se olham, e basta. Seus corações se entendem. É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas.

Por fim, o pensador conclui, dizendo :

"Quando vocês discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta".


(Desconheço a autoria)

14 comentários:

  1. Roberta, que LINDO !!!!!!
    meu coração foi que gritou de alegria, pois ao ler isso em voz alta para o maridão aqui ao lado, meu coração escutou em alto e bom som e logo tratou de se manifestar,hehehehehe
    e começou a dizer : é isso mesmo!é isso mesmo.

    texto perfeito, me deixou feliz e com a certeza que estou no caminho ceerto.

    Bom dia, vc está um pouco sumida lá de casa,
    apareça.

    ResponderExcluir
  2. Recebi por email e achei bem interessante esse texto.Um lindo dia,beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Na época em que eu dava palestras eu contava essa linda história, que ouvi aqui em SP na Rádio Mundial, que é um canal de rádio espiritualista. Por lá passam todos os tipos de espiritualistas: esotéricos, espíritas, rosa-crucianistas, feng-shuístas, etc. Ouvi de um deles. Acho que virou patrimônio público essa história. Mas é linda e muito muito muito profunda...merece uma enorme reflexão e diante dela, uma mudança de postura. Assim, teremos o resultado esperado em nossas vidas...

    Um dia lindo, Ro e cheio de energias positivas!!!!
    (Sabe que este ritual de desejarmos uma para a outra ou para os outros boas palavras e energias de manhã muda mesmo o nosso dia a dia?...)

    ResponderExcluir
  4. Bela mensagem Roberta!

    Gostei de ler
    Estou a pensar nela! Apesar de eu não ser pessoa de gritar ... eh eh eh

    Beijos Roberta
    Obrigada pelas palavras de apoio
    Um dia feliz

    ResponderExcluir
  5. A verdade é que a sabedoria do pensador indiano é comprovada por diversos estudos, principalmente o último parágrafo do post.

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. E os gritos fazem mesmo isso. Os corações se afastam... e como!! Prejudicam qualquer entendimento.
    Mensagem muito linda.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Verdade pura, Roberta. Tantas e tantas vezes já gritei, briguei e senti um arrependimento terrível depois...

    =\

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. oi. tudo blz? estive por aqui dando uma espiada. muito legal. apareça por la. abraços.

    ResponderExcluir
  9. Oi Robertinha, obrigada por postar texto tao lindo e verdadeiro. As vezes quando estamos aborrecidos, os gritos nos deixam marcas de resentimento que nem mesmo o tempo consegue apagar.
    Beijos e otimo findi tarde.

    ResponderExcluir
  10. Olá Roberta
    Sábio é sábio. só os corações distantes, precisam gritar para serem ouvidos. Belíssimo texto.
    Bjux

    ResponderExcluir
  11. Roberta amada,

    Uuuui foi de arrepiar....eu preciso levar uns puxões de orelha, porque ás vezes entro nesta de gritar, mas agora que eu percebi não vou deixar meu coração se distanciar de ninguém.

    Quero agradecer pelo seu carinho estes dias no meu espaço, mesmo estando sem entrar na internet, senti sua Energia de Luz pertinho de mim.

    Um grande beijo em seu Lindo coração!!!

    ResponderExcluir
  12. Eu já conhecia o texto, mas de tão importante, vale a pena refletir sobre ele SEMPRE!!! Beijos!!!E uma ótima semana pra vc!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Roberta,
    Já conhecia o texto, mas valeu lê-lo novamente de tão lindo que é e pela lição que nos transmite.
    A conclusão do pensador foi divina.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. É complicado segurar os gritos quando transbordamos em desafeto, mas é necessário tentar segurar a onda, senão a consequência do que gritamos pode nos devorar.
    bjs

    ResponderExcluir

♥ Obrigada pelo comentário, sua opinião é muito importante! Beijinhos Iluminados!

Gratidão!

Gratidão!