terça-feira, 19 de junho de 2012

Investir no sossego do próprio coração...

Investir no sossego do próprio coração é algo tão complexo por causa da sua simplicidade. Porque ser simples é uma das coisas que mais dificulta a nossa vida. 
Investir no sossego do próprio coração é não abrir uma brecha, que poderá virar uma represa, para alguém que não está disponível afetivamente. 
É prestar atenção nos sinais e indícios que a pessoa dá, logo nos primeiros encontros, do tamanho do sofrimento ou da alegria que ela poderá lhe proporcionar. É saber-se só em quaisquer situações, mesmo acompanhado, pois as consequências de nossas escolhas são absolutamente nossas. Investir no sossego do nosso próprio coração é saber que aquilo que está doendo deverá ser extirpado e não manter apego ao sofrimento, por mais que o uso do bisturi cause quase a mesma dor. É proporcionar-se bons momentos divorciando-se de tantos lamentos. É não adiar sofrimento postergando decisões tão necessárias. 
É não se acomodar com a falta de excitação pelas coisas, pessoas, trabalho. 
É saber-se merecedor de experienciar um amor inteiro, intenso, extenso, imenso, verdadeiro... Recíproco! 
É aumentar, um pouquinho a cada dia, o seu tamanho. 
É ter a certeza e a confiança de que as coisas têm um encaixe, mas que é preciso deixar ir, ou ir ao encontro, ou conformar-se com o desencontro, ou esquecer, ou lembrar-se de outras coisas, ou relacionar-se de outra forma. 
Investe no sossego do próprio coração quem não rumina o que machuca, quem não fica descascando a ferida impedindo que a mesma cicatrize, quem não se disponibiliza de maneira subserviente e em tempo integral ao ponto de ser desvalorizado ou descartável, quem não aceita menos do que merece: coisas pela metade. 
Investe no sossego do próprio coração quem sofre, grita, chora, mas cresce! 
Quem não se repete, quem se surpreende consigo mesmo, quem trabalha o desapego, quem se abre para as coisas que possuem mais calor e sensibilidade. Investir no sossego do próprio coração é coisa que não vem com a idade, mas com a idéia de que se pode vivenciar um momento de paz e repouso, é desocupar o peito para abrir espaço para o novo, é entregar-se ao desconhecido com inocência e totalidade, é não ter medo de pronunciar verdades, é ser honesto consigo, com o outro.
Investe no sossego do próprio coração quem não se contenta com pouco. 

 (Marla de Queiroz)

13 comentários:

  1. Oi Robertinha:)
    Tudo bem?
    Por vezes preciso de tanto sossego no meu coração tão apertado que parece que vou sufocar...
    Tenho um coração de mãe, de esposa, de filha, de irmã, de mulher, de amiga, ... Enfim de tanta coisa que só mesmo o sossego consegue acalmar.
    Adorei o texto e deu para sossegar um pouquinho:)

    Boa semana!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Formiguinha!!

      Todos nós ocupamos muitas funções e muitas vezes não nos vemos multiplicadas e sim divididas...o sossego une os pedaçõs e nos faz inteiras!!

      Beijinhos minha flor!
      Paz e Luz!!

      Excluir
  2. Precisamos nos dar esse presente...LINDO! beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São os melhores presentes!!Beijos de Luz!!

      Excluir
  3. E que o sossego esteja sempre dentro dos nossos corações.
    Bom dia Ro

    ResponderExcluir
  4. Um investimento que não custa nada..
    beijo Roberta (chuva por aqui)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yasmine,investimento custo zero e ótimo retorno, a curto prazo!!rs
      Beijinhos Iluminados!!!

      Excluir
  5. Lindo texto9 Roberta, lindo mesmo.
    Eu não complico nada, complicar para mim e muito difícil, acho mais fácil agir na simplicidade sempre...beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, kkkkkkkk...ADOREI!!
      Complicar é muito difícil, também acho!!

      Bençãos Plenas!!

      Excluir
  6. Investir no sossego já diz tudo, agora do próprio coração, é achar a PAZ tão desejada né minha linda LUZ...
    Xeros minha querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa!
      A Paz, se não em sua totalidade mas em parcelas já é de bom agrado, nê?! Adoro a PAZ!!

      Beijinhos sossegados!!
      Muita Luz!!

      Excluir
  7. Texto divino! ... sossego do próprio coração ... hoje, é tudo o que procuro... todos prcuramos, não é mesmo?... mas tem que haver muito desapego...

    Um beijo linda!! e as suas fotos estão lindas demais...! divinas... aquelas rosas brancas com fundo roxo... ai, sublimes...

    ResponderExcluir

♥ Obrigada pelo comentário, sua opinião é muito importante! Beijinhos Iluminados!

Gratidão!

Gratidão!