terça-feira, 26 de agosto de 2014

Esperança

Às vezes, na estranha tentativa de nos defendermos da suposta visita da dor, soltamos os cães. Apagamos as luzes. Fechamos as cortinas. Trancamos as portas com chaves, cadeados e medos. Ficamos quietinhos, poucos movimentos, nesse lugar escuro e pouco arejado, pra vida não desconfiar que estamos em casa. A encrenca é que, ao nos protegermos tanto da possibilidade da dor, acabamos nos protegendo também da possibilidade de lindas alegrias. Impossível saber o que a vida pode nos trazer a qualquer instante, não há como adivinhar se fugirmos do contato com ela, se não abrirmos a porta. Não há como adivinhar e, se é isso que nos assusta tanto, é isso também que nos dá esperança. corretor online 

Ana Jácomo

2 comentários:

  1. Uma bela mensagem que nos mostra que não devemos nos escnder da vida e sim acreditar que tudo de bom ela nos dará, assim, creio, estaremos sendo positivos e atraindo o bem.
    Muita luz e paz,
    Élys

    ResponderExcluir
  2. Gostei do blog! "Não tema nada nem a ninguém só sua própria consciência. "
    Aline - De Olho no Mundo https://www.youtube.com/watch?v=5P3Bv6j7dRs

    ResponderExcluir

♥ Obrigada pelo comentário, sua opinião é muito importante! Beijinhos Iluminados!

Gratidão!

Gratidão!