quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

A luz

 "...minha avó dizia que todos nós nascemos com uma caixa de fósforos em nosso interior que não podemos acendê-los sozinhos. Necessitamos...de oxigênio e da ajuda de uma vela...o oxigênio pode vir do hálito da pessoa amada. A luz da vela pode ser qualquer coisa..uma melodia, uma palavra uma carícia, um som. Qualquer coisa...algo que dispare o detonador e acenda um dos fósforos. Cada pessoa tem que descobrir quais são seus detonadores para poder viver, já que a combustão que se realiza ao acender um deles...é o que nutre a alma de energia. Se não há detonadores os fósforos ficam úmidos e não poderemos acendê-los. Existem várias maneiras de secar uma caixa de fósforos úmida...É muito importante acender os fósforos um por um já que, se por uma intensa emoção, chegássemos a acender todos de uma só vez, produziríamos um resplendor tão forte que, ante nossos olhos, apareceria um túnel esplendoroso mostrando o caminho que nos esquecemos ao nascer e que, ao mesmo tempo, nos chama para encontrar nossa origem divina perdida..."

(Trecho do filme:Como água para chocolate)

Um comentário:

♥ Obrigada pelo comentário, sua opinião é muito importante! Beijinhos Iluminados!

Gratidão!

Gratidão!